capa do post

Rota Caipira de Cicloturismo de Rio Preto - turismo rural e ciclismo

Blog | 12 | 21/06/2022

São José do Rio Preto, cidade sede de uma região metropolitana que agrega 120 municípios, é uma das primeiras cidades do Interior de São Paulo a oferecer uma rota que une turismo rural e rota para ciclistas. A Rota Caipira de Cicloturismo foi idealizada pela Acirp - Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto e Prefeitura e concretizada com a ação de ciclistas experientes, como Lucídio Bertoco e Edivar Bertoco, ambos veteranos na prática do ciclismo na cidade. Eles atuaram durante meses para montar vários percursos e sinalizar os trajetos que interligassem as cidades próximas a Rio Preto e da região metropolitana. 

A Rota Caipira tem 270 quilômetros e passa por 14 cidades do entorno de São José do Rio Preto com trechos de até 32 km. 

Os trechos incluem todos os munícipios da Região Turística "Águas, Cultura e Negócios”, a denominada Rota Caipira e demais propriedades de interesse com potencial de hospitalidade.

O trajeto foi sinalizado com guias nos pontos de topografia mais exigentes. O percurso, envolve os seguintes pontos: 

Partida da Represa (Guarda Municipal – ponto inicial); Guapiaçu- 21 km; Franco Gourmet - 29 km; Talhado - 39 km; Castores - 50 km; Mirassolândia - 73 km; Bálsamo - 97km; Cantinho da Roça - 102 km; Mirassol - 109 km; Barra Dourada - 120 km; Neves Paulista - 128 km; Pirajá- 140 km; Peroba - 157 km; Nova Aliança - 175 km; Formosa - 196 km; Potirendaba - 205 km; Vila  Ventura 222 km; Uchôa - 235 km; Cedral - 250 km; Schmitt - 270km/ Represa (Guarda Municipal).

Os ciclistas poderão percorrer o roteiro gradativamente, para oficializar a passagem, devem retirar o passaporte na padaria Zappaz do Parque da Represa e carimbar o trajeto na volta. 

Rio Preto possui 20 mil ciclistas e a solenidade de inauguração da Rota, realizada em junho de 2022, atraiu centenas deles. 

A ciclorrota é inspirada em projeto similar já existente em vários países do mundo. O objetivo é integrar o turismo rural e o ecoturismo ao uso de bicicletas em parcerias com a iniciativa privada. As cidades do circuito trabalham na busca da valorização do turismo rural e da agregação de valor ao campo. "É uma proposta nova, que segue uma tendência mundial de ampliação do uso das bicicletas em circuitos turísticos", destacou o presidente da Acirp, Kelvin Kaiser.  

"Trata-se de uma iniciativa importante para os ciclistas, que semanalmente procuram opções de roteiros para a prática desse esporte, que agrega, estimula o comércio e o lazer saudável", resume o ciclista veterano, Lucídio Bertoco, conhecido como General, por acompanhar de perto vários grupos de bike em Rio Preto e região. 

Para saber mais sobre a Rota Caipira de Cicloturismo acessewww.cicloturismo.riopreto.br 

 

 


Rota Caipira de Cicloturismo de Rio Preto - turismo rural e ciclismo - 2

Equipe da Acirp com ciclistas e os consultores do projeto: Lucídio e Edivar Bertoco. 

Foto Paulo de Paula/Acirp 


Rota Caipira de Cicloturismo de Rio Preto - turismo rural e ciclismo - 4

Os irmãos Lucídio e Edivar Bertoco: ciclistas experientes e veteranos no ciclismo, deram consultoria para a Acirp para elaborar o roteiro de cidades e sinalizar os trechos.  

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail